Caso Cachoeira: em Goiás nem mesmo a esquerda é poupada

Matéria do jornal O GLOBO do último dia 19 aborda a ligação entre Carlos Cachoeira e o vereador de Goiânia Elias Vaz (PSOL). O artigo vai de encontro ao que eu escrevi anteriormente e tenho escrito para a Tribuna do Planalto, apontando os deslizes da esquerda – sempre combativa – em relação a Elias Vaz. Nas escutadas gravadas pela Polícia Federal fica claro que eles não se conheciam “apenas de vista” como alegou o vereador.

Na matéria escrita no dia 27 de abril relatei a truculência do líder do PSOL goiano Martiniano Cavalcante e apontei as contradições da esquerda que resolveu varrer o caso para debaixo do tapete. Eis um trecho:

Apesar da manifestação pública de uma ala do partido, nem todos no PSOL defendem o afastamento de Elias para que o mesmo preste esclarecimentos à legenda e à sociedade. Questionado a respeito do envolvimento do vereador com o caso Cachoeira, Martiniano Cavalcanti – que inclusive já foi candidato à Prefeitura de Goiânia – disse não saber do que se trata. Por telefone, antes de desligar abruptamente, gritou e questionou o repórter: “Quem falou isso? Você precisa falar com o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT)”.

(…)

Em Goiás, o PSOL é conhecido por divisão interna – o que fica ainda mais evidente com os últimos acontecimentos, em que o partido não consegue articular uma ação única e acaba favorecendo dissidências. Alegando não ter recebido nenhum documento, na última quinta-feira a direção nacional do partido preferiu não falar a respeito do caso por se tratar de denúncias que ainda não foram julgadas.

Contraditoriamente, o mesmo partido que não quis falar sobre as denúncias ainda não julgadas em relação ao vereador e presidente do diretório do PSOL em Goi­ânia, se utilizou do programa eleitoral transmitido em rede nacional também na quinta-feira, 26, para atacar outros partidos e pedir que a população conte com o PSOL para o combate à corrupção e apurar o caso Cachoeira. 

A íntegra pode ser conferida aqui: Elias Vaz vira fardo para esquerda

O GLOBO: PSOL não ouviu vereador amigo de Cachoeira

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s